Segunda-feira, 30 de Junho de 2008

E eu é que tenho mau feitio?!

 

 

Que lhe terá feito o moço??!

Está visto que a mulher é brava!


Espanha, campeã europeia

picture from www.goal.com

 

Substituindo os gregos, a Espanha consagrou-se ontem campeã europeia ao vencer a Alemanha por 1-0.

Com a saída de Portugal do Europeu, e depois da Holanda, fiquei a torcer para que os nuestros hermanos saíssem vencedores. Ainda mais, sendo a final com a Alemanha, povo com o qual não tenho grande simpatia e cujo contacto que tive não me deixou saudades. Apesar da eficácia e de serem uma potência do futebol europeu, a Alemanha não é das equipas que joga o futebol mais bonito.

tags:

Sexta-feira, 27 de Junho de 2008

Maria João & Mário Laginha - Nhlonge Yamina

 

Nhlonge Yamina - A minha pele.

Adoro este música. Queria um vídeo em que a música passa com uma apresentação de fotografias, lindas! Daquelas que transmitem cor, cheiro, sentimento... O vídeo tinha também a tradução da letra, que é absolutamente deliciosa, mas já não o encontro.

tags:

publicado por Liliana às 19:17
link do retalho | comentar | adicionar aos melhores retalhos
Quinta-feira, 26 de Junho de 2008

Caracóis ao rubro - orgia vagarosa!

 picture by Rodrigo Ferreira @ www.olhares.aeiou.pt

 

"Caracóis ao rubro - orgia vagarosa!"

Esta frase não é minha. Mas parti-me a rir com ela. Vim registá-la aqui Pini Pini!

A foto adorei e enquadra-se lindamente no contexto.

sinto-me:
tags: ,

Quarta-feira, 25 de Junho de 2008

Facilitismo Matemático - Problemas Acrescidos

A questão da dificuldade ou facilitismo do exame nacional de Matemática tem sido um dos assuntos de discussão nos últimos tempos. Já debati esse assunto no blog do Henricartoon, onde foram surgindo pontos de vista diferentes e acabei por decidir trazer alguns argumentos para aqui.

 

Tal como pude ver nas notícias e de outras que li, alguns alunos concordaram que o exame deste ano foi bastante fácil, não oferecendo grandes problemas de raciocínio.

No ano passado ouviu-se falar mais ou menos no mesmo e, o que é certo, é que as médias dispararam com a subida das notas.

 

Para mim, e para muita gente, esta é mais uma daquelas formas à tuga de dar a volta às situações e mostrar resultados. Temos maus resultado a Matemática?! Ah! Mas deixamos já de ter!! E a consistência?! Nenhuma!

 

De facto acho que tem vindo a existir um facilitismo gradual. Tive aulas de Cálculo com um professor búlgaro, na faculdade, que deve ter apanhado uma desilusão, coitado! Estamos muito longe do pessoal de leste que consegue desenvolver raciocínios matemáticos, para lá do 2+2=4. Resposta da professora assistente às nossas crises existênciais: não temos essa capacidade porque há muito tempo que esse treino foi retitado dos programas escolares. A dificuldade crescente dos alunos que entram cada ano é notória.

 

Falaram-me também numa ausência de diálogo entre o ensino secundário e os níveis de ensino a baixo, para que exista uma coerência no que é leccionado entre todos. Concordo! No 5º ou 6º ano dão-nos uma máquina de cálcular para a mão. Passa a ser a nossa melhor amiga. Na faculdade não há máquina para ninguém! E depois: ai Jesus que não sei fazer contas de dividir! É um exemplo!

 

Aos vários problemas apontados na discussão, acrescentei ainda a mentalidade. A Matemática foi criada num bicho papão. Os putos entram para a escola já com medo dela. Já ouviram falar... E ganham resistência ou têm a desculpa de que é difícil.

 

E há ainda outro problema. A interpretação. Muitas vezes não sabemos é o que nos é pedido. E pelas explicações que já dei, tive a percepção disso.

 

Não será, de certeza, o marketing de bons resultados que vai fazer de nós melhores e mais competitivos. Tomem-se mas é medidas a sério!


Terça-feira, 24 de Junho de 2008

It's done!

 

 

Acabou! Cinco anos a queimar pestanas para uma Licenciatura e um Mestrado. Agora deixo a faculdade de vez. Alívio...

Próxima fase... venha ela!

sinto-me:
música: contente
tags:

Segunda-feira, 23 de Junho de 2008

Countdown

 

Contagem final para os momentos que me restam da minha vida de estudante!

 

sinto-me: ansiosa
tags:

Domingo, 22 de Junho de 2008

BD

 

 

Eh pah! Já nem sei há quanto tempo não lia BD!

Astérix é, sem dúvida, o meu favorito.

tags:

"60 horas de trabalho, 90 anos de retrocesso"

jn.sapo.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx

 

"Como se não lhes bastassem a ameaça permanente do desemprego [trabalhadores europeus] e o aumento exponencial do custo de vida, o Conselho de Ministros do Emprego e Assuntos Sociais aprovou, na semana passada, a proposta, de uma directiva que eleva de 48 para 60 horas o limite da semana laboral, mediante acordo da entidade empregadora com o trabalhador. "

(...)

"Por isso, sendo certo que, segundo a directiva, a expansão do horário depende sempre da anuência do trabalhador, "o problema é que, se lhe derem a capacidade de decisão a esse nível, numa circunstância de crise, ele aceitará condições impensáveis", alerta António de Sousa Uva, catedrático de Saúde Ocupacional na Escola de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa."

(...)

"De acordo com os observadores, essa espécie de escravatura consentida seria altamente lesiva. Drenando toda a energia ao trabalhador, que lhe restaria para o exercício de uma cidadania participativa, ou, se quisermos reduzir a questão à escala individual, para simplesmente acompanhar a educação dos filhos? Neste âmbito, trata-se de um contra-senso: "Quando a Europa quer fomentar a demografia, com políticas orientadas para a natalidade, aumentar o tempo de trabalho é um paradoxo", repara Graça."

(...)

"Aquele docente da Escola de Direito da Universidade do Minho só encontra uma explicação para o empenho britânico, e anuência da maioria dos governos da UE, no aumento do tempo de prestação laboral: "Tem a ver com o facto de a Europa se encontrar num esforço competitivo com outros espaços, como os asiáticos e os EUA, onde as regras relativas a um conjunto de prestações sociais são diferentes (ver infográfico), o que acarreta alguma perda de competitividade da UE", declara."

 

Gostava de perceber que vantagem se vê nesta medida. Esforço competitivo com países asiáticos?! Talvez a concorrência que a Europa precisa não seja por esta via, mas sim pela diferenciação com trabalhadores mais qualificados, mais motivados e com serviços e produtos de melhor qualidade, maior diversidade e de maior valor acrescentado. Procurar a especialização em vantagens competitivas que não seja a exploração da mão-de-obra, como os países asiáticos fazem.

 

Num período em que o desemprego está a aumentar, a mim parece-me que uma medida destas só irá agravar ainda mais o desemprego. Para quê contratar mais um trabalhador, se os dois que eu tenho cá podem fazer mais horas?! É menos um salário, menos impostos... Dar a possibilidade de escolha aos trabalhadores?! Poupem-me!

 

E numa Europa envelhecida em que o crescimento/manutenção da população é promovido por fluxos migratórios, para que é que se gasta dinheiro a subsidiar políticas de natalidade para virem medidas destas deitar tudo por terra?!

 


Sábado, 21 de Junho de 2008

Dormir

 

Dormir Dormir Dormir... Dormir

 

sinto-me: sleepy
tags:

.Retalhos sobre mim


. retalho de perfil

. seguir perfil

. 12 seguidores

.pesquisar nos retalhos

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
13
14

16
17

22
24
25
26
27
28

29
30


.Últimos retalhos

. Dia Mundial do Livro

. Vermelho novela

. Mamãe eu quero!!

. Aguenta e não chora!!

. O que é que isto quer diz...

. Um Nojo!!!

. Podem rir!!

. Cascais RestaurantWeek

. Está a chegar...

. Quem faz 20 aninhos quem ...

.Mantas de retalhos

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.tags

. todas as tags

.Melhores retalhos

. Vai um tango?

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds