Quarta-feira, 9 de Julho de 2008

Novas vagas a apregoar!

 

Hoje é notícia em todos os jornais o aumento de vagas no ensino superior. Mais 1.500 vagas disponíveis.

Isto soa muito bem. A questão é. Que oferta é essa? Ter mais vagas nos cursos de Medicina parece bem. Gestão... o mercado também absorve. Mas vale a pena manter o número de vagas em certos cursos onde a taxa de desemprego é desanimadora?!

Já veio a Ordem dos Advogados exigir a redução do número de vagas nos cursos de Direito. Só a Clássica tem 510 vagas . Em Portugal existe um advogado por cada 350 habitantes!

Todos nós temos amigos ou conhecemos alguém que terminou o seu curso e continua à procura de trabalho na área.

Politicamente fica bem apregoar mais vagas. Mas é preciso ter em conta de que forma é que o número de vagas corresponde à oferta de emprego que vai compensar o esforço realizado pelos estudantes e pelas famílias.


publicado por Liliana às 15:01
link do retalho | adicionar aos melhores retalhos
De Angie a 10 de Julho de 2008 às 11:51
Jorge A,
“Apenas”, as aspas estão lá. Mas de qualquer forma há Universidades em que em primeiro lugar está o lucro, claro está, ninguém anda a fazer caridade. Apenas quanto às universidades públicas podemos ter a certeza que esse não é de todo o seu objectivo primeiro nem último.
Quanto à questão da média. Sim a média é obviamente mais baixa pelo nº de vagas, se o primeiro aluno a entrar tem média de 18 se fores descendo nas médias até 100 é diferente de desceres até 500 onde os últimos já podem ter 12. Mas acredita que a média “baixa” na FDL não comove Professores e Assistentes, o nível de exigência é o mesmo que para uma média de 18. A questão é, como no 1º ano o Prof. Ruy de Albuquerque disse, a nossa faculdade não é tão elitista assim..dá oportunidades a todo o tipo de alunos, e acredita, eu conheço gente que entrou para lá com 18 que não tem sido bem sucedido ou desistiu mesmo enquanto pessoas de quem à partida se poderia esperar menos têm tido um percurso exemplar. Isso das médias não tem nada a ver, o que interessa é o que se trabalha e a adaptação a um método disciplinado, rígido extremamente exigente aonde não há espaço para falhas. Claro que te posso dizer que o facto de sermos muitos não é fácil quando não temos assistentes suficientes e cada turma tem mais de 40 alunos e num método de avaliação contínua isso dificulta a vida a toda a gente, mas o problema é a falta de verbas, não os alunos.

;)


Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.


.Retalhos sobre mim


. retalho de perfil

. seguir perfil

. 12 seguidores

.pesquisar nos retalhos

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
13
14

16
17

22
24
25
26
27
28

29
30


.Últimos retalhos

. Dia Mundial do Livro

. Vermelho novela

. Mamãe eu quero!!

. Aguenta e não chora!!

. O que é que isto quer diz...

. Um Nojo!!!

. Podem rir!!

. Cascais RestaurantWeek

. Está a chegar...

. Quem faz 20 aninhos quem ...

.Mantas de retalhos

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.tags

. todas as tags

.Melhores retalhos

. Vai um tango?

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds