Terça-feira, 3 de Junho de 2008

A Euforia da Selecção Nacional

Foto by Gustavo Bom/AP

 

Nos últimos dias têm saído imensas notícias relativas à participação da Selecção Nacional no Euro 2008.

Confesso que fiquem impressionada com a recepção e o apoio recebidos na Suiça. Já sabia que lá era quase como jogar em casa. Imensos portugueses! Além disso sempre tive ideia que os emigrantes vivem a bandeira e os símbolos nacionais de uma forma mais intensa. Não sei se é por estarem longe ou se é por terem bases de comparação diferentes.

Mas pelo que me tem sido dado a perceber, esta recepção e euforia não têm sido sempre interpretadas de forma positiva. Ouvi até dizer que houve quem nos auto proclamasse de terceiro-mundistas!!

Honestamente não concordo. É verdade que a forma como se vive o futebol neste país poderá ser um bocado exagerada. Mas não vejo no que é que isso nos torna melhores ou piores. É uma característica, só. Uns gostam e outros não. Este tipo de afirmações é que são, por si só, exageradas. 

Acho que a euforia que se vive neste Europeu, não tem nada a ver com o que se viveu em 2004. A comunidade de portugueses na Suíça sim, é que estará a catapultar este ambiente. O que é compreensível no meu entender. Até porque se pensarmos que as autoridades suíças tentam, de todas as formas, reprimir o mais que podem, as manifestações de apoio dos portugueses, talvez consigamos perceber um pouco do sentimento vivido por lá. Mas provavelmente, só quem vive fora saberá o que é viver num país como estrangeiro.

É óbvio que o facto de a TVI estar a dar cobertura ao evento também nos dá um bombardeio de Euro 2008. Mas quem não quer, não vê TVI.

O que para mim tem sido ridículo, são aquelas acusações de que os jogadores não dão atenção aos adeptos, que estão distantes. Por favor! Os homens estão a trabalhar! Têm estado numa fase de preparação para uma competição em que tem de haver concentração! Para festas e arraias já nos basta o Tony Carreira e o Roberto Leal!

 

sinto-me: tuga

publicado por Liliana às 14:34
link do retalho | comentar | adicionar aos melhores retalhos
|
2 comentários:
De José a 9 de Junho de 2008 às 16:05
Olá,

Eu acho que quando um canal televisivo pretende ser o emissor oficial, deveria transmitir o maior número de jogos possível (dentro do razoável, claro), e não um jogo aqui e ali.
Lembro-me de quando foi o Espanha 82 - que grande mundial - havia jogos a toda a hora.
É que nem todos têm acesso para além dos 4 canais usuais.
Gostei de lêr o teu artigo, escrito de forma sincera.

José


De Liliana a 9 de Junho de 2008 às 17:20
Olá!
Também concordo com o canal que tem os direitos de emissão deve transmitir o maior número de jogos possível. O exagero está no que é transmitido para além do jogo.
Quanto ao Mundial de 82, a minha idade não me permite ter memória dessa época, mas acredito que tenhas razão.
Obrigada pelo teu comentário.


Comentar retalho

.Retalhos sobre mim


. retalho de perfil

. seguir perfil

. 12 seguidores

.pesquisar nos retalhos

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
13
14

16
17

22
24
25
26
27
28

29
30


.Show Time

.Últimos retalhos

. Dia Mundial do Livro

. Vermelho novela

. Mamãe eu quero!!

. Aguenta e não chora!!

. O que é que isto quer diz...

. Um Nojo!!!

. Podem rir!!

. Cascais RestaurantWeek

. Está a chegar...

. Quem faz 20 aninhos quem ...

.Mantas de retalhos

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.tags

. todas as tags

.Melhores retalhos

. Vai um tango?

.links

.Visitas ao Retalhos

SAPO Blogs

.subscrever feeds